Rússia realiza manobras contra acidentes com armas nucleares pela primeira vez em 10 anos.


As manobras contra acidentes com armas e materiais nucleares ocorreram na província de Murmansk, noroeste da Rússia, com a participação de mais de 2.000 militares e civis, 140 equipes técnicas além de helicópteros, drones e navios da Frota russa do Norte, segundo informou o Estado Maior do Exército russo.

Segundo o guia das manobras Averia 2013, esses são os primeiros exercícios desse tipo a celebrar-se na Rússia nos últimos dez anos, os militares com o intuito de eliminar as consequências do acidente de transporte com material nuclear.

“As manobras têm como objetivo testar novas táticas de liquidação das consequências das situações de emergência com armas nucleares. A possessão de tal arma implica compromissos sérios para garantir sua segurança. Isto requer ações coordenadas de todas as unidades do Ministério de Defesa, assim como da ( agencia nuclear russa) Rosatom e da ( empresa estatal ferroviária) Ferroviária da Rússia”, declarou o ministro da Defesa russo, Serguei Shoigu.

http://sp.rian.ru/Defensa/20130805/157720515.html