Rússia construirá destróiers de propulsão convencional e nuclear para sua armada.


3D2



Os trabalhos de projeto para a construção dos novos destróieres para a Marinha de Guerra russa inclui duas variações, entre elas a nuclear, revelou o porta-voz da Armada da Rússia, Igor Digalo.

“Os projetos do novo destróier avançam em duas direções: embarcações de propulsão convencional e atômica. Este tipo de navio (o atômico), terá possibilidades universais mais amplas e um potencial de armamento mais alto, para cumprir missões marítimas prolongadas tanto em modo solitário, como formando parte de frotilhas da Marinha de Guerra da Rússia”, acrescentou o porta-voz.

Igor Digalo informou também que o comandante da Armada russa, o almirante Victor Chirkov, visitou recentemente a oficina de projeto naval Severnoe, em São Petersburgo, para conhecer detalhes sobre o andamento dos trabalhos de projeto para a fabricação dos novos destróieres russos, destinados a substituir os atuais destróieres do projeto 959.

Fonte: http://sp.rian.ru/Defensa/20130911/158059688.html