EUA podem entrar em falência em 17 de Outubro.


A dívida pública dos EUA constitui atualmente 73% do PIB, o máximo de toda a história do país (exceto num breve período durante a Segunda Guerra Mundial), e o dobro do indicador dos fins de 2007 (um ano de crise), diz-se no relatório da Direção Orçamental do Congresso Nacional.

De acordo com uma previsão da Direção, se se conservar a legislação atual, as dimensões da dívida pública em relação ao PIB diminuirão ligeiramente. Mas, o aumento do défice orçamental acabará por fazer subir a dívida para um nível superior ao presente. [1]

EUA podem entrar em falência em 17 de Outubro.

Os Estados Unidos poderão ficar à beira da falência já em 17 de outubro, caso não aprovem urgentemente uma lei para elevar o teto da dívida nacional, afirmou o secretário do Tesouro dos EUA, Jacob Lew, em uma carta destinada aos líderes do Congresso dos EUA.

Segundo ele, desta vez, as consequências para os Estados Unidos serão mais graves do que em 2001, quando uma situação similar causou a queda de seu rating de crédito.

Lew especificou que, daí a três semanas, o Tesouro do Estado terá apenas $30 bilhões, enquanto as obrigações financeiras dos Estados Unidos durante este período podem dobrar este montante. [2]

[1] http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_09_17/Divida-publica-dos-EUA-alcancou-um-maximo-desde-a-Segundo-Guerra-Mundial-0492/

[2] http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_09_25/EUA-podem-esgotar-capacidade-de-emprestimo-ate-17-de-outubro-4901/