Rússia prepara o renascimento dos temíveis trens de mísseis balísticos.


O projeto do sistema russo de mísseis de combate camuflados num trem culminou sua fase de projeto, segundo informou o vice-ministro de Defesa da Rússia encarregado do armamento Yuri Borisov.

“A criação do sistema de mísseis em ferrovias segue de acordo com o previsto: não existe nenhuma dificuldade. O Barguzin estará a serviço de uma das divisões de foguetes das Forças de Mísseis Estratégicos para 2020. Diferente do seu antecessor Molodets, o novo complexo não difere de um trem comum e atual”, explicou Borisov.

Os EUA abandonou a construção de trens portadores de mísseis devido ao alto custo e a complexidade técnica do projeto. Foram criados na União Soviética graças a uma série de vantagens únicas. Em primeiro lugar, uma portabilidade sem igual já em apenas um dia um trem de misseis pode deslocar-se até mil quilometros.

Em segundo lugar destaca seu sigilo, já que para os satélites é difícil determinar o número de eixos de cada vagão, o que delataria o peso extra que carrega. Além disso é fácil esconder no interior de centenas de vagões que habitualmente aguardam nas grandes estações ferroviárias, informa o portal Warfiles.ru.

Cada trem de mísseis Barguzin estará armado com seis mísseis balísticos intercontinentais RS-24 ‘Yars’, além dos modernos meios de ocultação, combate radioeletrônico e defesa anti-terrorista.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: http://actualidad.rt.com/actualidad/173932-rusia-renacimiento-temibles-trenes-misiles