Putin busca consolidação de Assad e oposição para combater o terror na Síria.


O presidente russo, Vladimir Putin, pediu a combinação dos esforços do presidente sírio, Bashar al-Assad e da oposição da Síria para reprimir o terrorismo no país.

“Hoje, há uma necessidade de consolidar os esforços de tanto o governo sírio, milícias curdas, a chamada oposição moderada e outros países da região para combater a ameaça que põe em risco a soberania da Síria e lutar contra o terrorismo”, disse Putin na Reunião do Conselho de Ministros dos Negócios Estrangeiros da Organização do Tratado de Segurança Coletiva na capital do Tajiquistão Dushanbe em 15 de Setembro.

“Nós vamos ser capazes de resolver esse problema, agindo em conjunto, através de esforços conjuntos”, disse o presidente.

“Obviamente, será impossível conduzir os terroristas para fora do país e da região como um todo, sem a participação ativa das autoridades sírias e dos militares, sem o envolvimento do exército sírio neste território na luta contra o Estado islâmico, como chamam os militares”, disse Putin.

O presidente russo acredita que sem essa assistência, “será impossível proteger o povo sírio laico multinacional e multi-fé da eliminação, da escravização e da barbárie.”

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: RBTH