O urso desperta: 355 alvos destruídos pela Força Aérea Russa nas últimas 48 horas.



Os Estados Unidos ainda se recusam a coordenar com a Rússia os ataques aéreos contra o Estado Islâmico -, mas estes mesmos não importam neste momento: a Rússia passou para o modo completamente bruto. Ao longo das últimas 48 horas, a Rússia destruiu uma frota de 500 caminhões usados pleo Estado Islâmico para contrabandear petróleo da Síria. Mas isso é apenas uma fração do mundo de dor que Putin fez chover sobre eles:

355 [alvos] foram destruídos na zona rural de Aleppo, Idleb, Raqqa e Dir Ezzor durante as últimas 48 horas.

“A Força Aérea russa, em cooperação com a força aérea síria, realizou 186 missões contra instalações do Estado Islâmico na Síria”, informou a agência de notícias da Síria.

Acrescentou – 26 centros de comando, 35 depósitos, 28 locais fortificados, 3 campos de treinamento, 8 fábricas de explosivos e 86 lojas de armas pesadas foram destruídas.

Quanto tempo vai demorar para a Arábia Saudita, a CIA e a Turquia substituir todo esse hardware terrorista?

Autor: Rudy Panko

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Russia-insider.com e Abna