Israel ataca alvos do Hamas na Faixa de Gaza em resposta a disparos de foguetes.


Uma forte explosão foi ouvida em toda a Faixa de Gaza após a Força Aérea israelense ter atacado supostos alvos terroristas após um ataque com foguetes contra o território israelense no início do dia.

Enquanto isso, fontes no terreno Quds Press disseram que os ataques foram realizados por helicópteros israelenses Apache, que lançaram pelo menos dois mísseis no noroeste da Faixa de Gaza, visando al-Qassam, a ala militar do Hamas palestino.

Ambulâncias correram para o local com os moradores locais a confirmar à publicação que tinha havido “danos generalizados” da ataque. Não ficou imediatamente claro se alguém ficou ferido no ataque.

Um dos alvos foi uma delegacia de polícia no noroeste da Faixa de Gaza, enquanto o segundo foguete supostamente atingiu o local de treinamento Abu Jarad de al-Qassam, no sul, segundo o site de notícias em língua árabe Albya.

Palestinos atacam Israel.

Um foguete disparado de Gaza atingiu o Conselho Regional Hanegev Sha’ar na noite de domingo à noite. As Forças de Defesa de Israel (IDF) confirmaram que o ataque não causou vítimas ou danos porque o foguete havia caido em uma área despovoada. No entanto, as sirenes de alerta vermelho exortaram os moradores da área a se esconder em bunkers.

Depois de semanas de relativa calma, este é o primeiro foguete a ter atingido Israel a partir de Gaza desde o ataque de 23 de novembro, quando um foguete disparado a partir da Faixa de Gaza caiu em uma área aberta do Conselho Regional de Eshkol. Em resposta, a Força Aérea israelense atingiu diversos alvos dentro da faixa.

Apesar de o Hamas não admitir a responsabilidade pelos ataques com foguetes esporádicos contra Israel, Tel Aviv sustenta que a organização deve ser responsável por todos os “acontecimentos na Faixa de Gaza.”

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: RT.com