EUA constrói base aérea militar no nordeste da Síria.


Especialistas dos EUA estão reconstruindo e equipando um aeroporto desolado usado especialmente para transportar produtos agrícolas na região controlada pelas forças curdas da região Hasaka, nordeste da Síria, para transformá-lo em uma base militar.

O jornal libanês Al-Akhbar informou no sábado (5/12) que um certo número de especialistas norte-americanos entraram na região há 50 dias atrás, para desenvolver e preparar as pistas com 2.500m de comprimento e 250m de largura para ser usado por aviões de combate.

O aeroporto de Abu Hajar que não tem sido utilizado desde 2010 está localizado na região de Tal al-Hajar no campo oriental de Hasaka que é controlado pelasUnidades de Defesa do Povo curdo (YPG).

A base aérea está localizada a sudeste da cidade de Rimelan, que é uma das principais fortalezas do YPG e “maiores depósitos de munições e armas”.

Os EUA não recebeu nem mesmo pediu uma permissão de Damasco para reconstruir a base aérea. Os Estados Unidos não tem um mandato da ONU para intervir na guerra na Síria.

O aeroporto vai permitir que Washington acrescente um lugar adicional seguro para desembarcar as suas forças, unidades de comando, por exemplo, e trazer apoio militar a seus aliados que estão trabalhando para finalizar o controle sobre a zona rural de Southern Hasaka, disse al-Akhbar.

O relatório veio uma semana depois de a região curda informar que os EUA e forças curdas estavam trabalhando juntos para construir uma base aérea militar de 10 hectares no Sul da cidade de Rimelan na aldeia de al-Basha Rimelan.

“Especialistas americanos estão supervisionando diretamente a base aérea com uma força de trabalho curda,” os relatórios afirmam, dizendo que veículos aéreos não tripulados (UAVs) dos EUA tinham sido levados à instalação para ser testados.

O relatório também disse que dois helicópteros voaram sobre a cidade de Rimelan em 24 de novembro e desceram oito especialistas militares dos EUA ao aeroporto.

Curiosamente, a YPG curda emitiu uma declaração dizendo que “dois helicópteros desconhecidos” tinham sobrevoado Rimelan no mesmo dia.

No dia seguinte, a mídia curda disse que os residentes na aldeia vizinha de Cil Axa tinham ouvido helicópteros em cima, embora tivessem alegado que eram turcos.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Far News