Putin: Espero não ser necessário empregar armas nucleares.



O presidente russo, Vladimir Putin, elogiou a operação de lançamento dos mísseis de cruzeiro russos contra terroristas na Siria desde um submarino. Ele expressou também sua esperança de que estas armas não tenham que levar nunca ogivas nucleares.

Durante um encontro no Kremlim com o ministro de Defesa, Serguei Shoigu, Putin foi informado acerca dos últimos resultados da luta anti-terrorista executada pela Força Aérea russa na Síria.

“Devemos analizar tudo o que ocorre no campo de batalha, como operam as armas. Os mísseis Kalibr (mísseis de cruzeiro com base no mar) e o KH-101 (mísseis de cruzeiro lançados de aviões) demostram ser muito avançados e altamente efetivos e agora sabemos com toda segurança. Estas armas precisas podem ser equipadas com ogivas convencionais e nucleares”, manifestou Putin.

“Naturalmente, isto não é necessário quando a luta se faz contra terroristas e, espero, elas (as ogivas nucleares) nunca serão necessárias”, disse o presidente.

Na terça-feira (8/12), um submarino classe Kilo, o Rostov-on-Don, lançou vários mísseis tipo Kalibr contra dois alvos do Estado Islâmico situados em Raqqa, a capital de fato do grupo na Síria. O submarino estava submergido no momento de efetuar os lançamentos.

“Temos registrado estes lançamentos de mísseis, sua trajetória e, claro, seu impacto nos alvos”, disse Shoigu, que acrescentou dizendo que a Rússia havia advertido a EUA sobre tais lançamentos.

Os mísseis Kalibr e KH-101 foram usados pela primeira vez este ano na operação anti-terrorista russa na Síria.

Estes lançamentos poderiam supor também uma advertência a alguns países hostis à Síria para que se mantenham longe de qualquer ingerência militar nesse país.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Almanar.com