EUA reabrirá uma base da Guerra Fria para ‘caçar’ submarinos russos.




COMPARTILHE NA REDE SOCIAL |

A base em Keflavik proporcionará fácil acesso às águas do Atlântico Norte para os aviões anti-submarino P-8 Poseidon.


EUA tentam reabrir a sua antiga base militar na Islândia, a fim de “caçar” submarinos russos, de acordo com oficiais navais citadas pelo portal Stars and Stripes.

Durante a Guerra Fria, a base, localizada no aeroporto internacional de Keflavik, permitiu às aeronaves estadounienses patrulhar o Atlântico Norte frente a potenciais ameaças soviéticas.

Após a desintegração da União Soviética, a base perdeu a sua importância e, em 2006, os EUA retirou sua equipe do lugar.

Agora, a Marinha dos Estados Unidos está solicitando fundos para seu orçamento de 2017 com o objetivo de reabrir e modernizar seu hangar em Keflavik.

A Marinha planeja implantar aeronaves anti-submarino P-8 Poseidon no lugar, o que facilitaria enormemente as patrulhas no Atlântico Norte, porque normalmente a marinha envia aviões de sua base na Sicília para monitorar a presença de submarinos russos.

O vice-Almirante da OTAN, Clive Johnstone, reconhece, em declarações à mídia Jane’s, que submergíveis russos aparecem na área mais frequentemente do que em qualquer momento desde o fim da Guerra Fria.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: RT.com

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA