Cúpula sobre Segurança Nuclear foi marcada por ausências e críticas.



COMPARTILHE NA REDE SOCIAL |

Em 30 de março, ocorreu a Cúpula de Segurança Nuclear em Washington. No entanto, foi realizada sem a participação da Rússia, o país com a maior concentração de armas nucleares no mundo.

O aumento da ameaça de terrorismo nuclear é um dos maiores desafios à segurança internacional. Isso segue o comunicado final da cúpula, dedicada a esta questão. Uma reunião criticada pela ausência de vários jogadores importantes, como a Rússia e o Irã, e também para a sua agenda desgastada. Moscow se recusou a participar da reunião questionando a desigualdade dos participantes.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: RT.com

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA