Más relações da Rússia com o Ocidente faz bom senso econômico.


COMPARTILHE NA REDE SOCIAL |

O reaparecimento de um ex-ministro das Finanças liberal como conselheiro economico presidencial deixa em alerta alguns observadores que acreditam que a Rússia não ganha nada ao integrar sua economia ao sistema capitalista global.

Alexey Kudrin, ex-ministro das finanças e conselheiro atualmente econômica ao presidente é popular no Ocidente e breve será odiado em seu próprio país.

Recentemente, durante a reunião do Conselho Econômico presidencial russo em Moscou, Alexei Kudrin aconselhou o presidente a diminuir as tensões geopolíticas para o bem da economia russa. Incrível.

Kudrin está vendendo claramente “esperança liberal” em conversas com o chamado tirano.

Medidas anti-sanções da Rússia: empresas russas e suas regiões administrativas. Clique para ampliar.

Mas aqui estão os fatos:

Se você tem más relações com o Ocidente, você precisa de um exército. Se você precisa de um exército, você também vai precisar de contratos de defesa e uma Comissão militar/industrial.

Se você tem más relações com o Ocidente, você vai precisar de médicos e engenheiros em caso de guerra.

Se você tem más relações com o Ocidente, você vai precisar desenvolver várias habilidades de pesquisa e tecnologia para vencer o inimigo, e outros truques para neutralizar o esforço dele para destruir você. Isso significa que você vai precisar de ciência e cientistas, e mesmo se você roubar tecnologias em vez de inventar sua próprias, você precisará de cientistas para decifrar um desenho roubado.

Se você precisa do Ministério da Defesa, de médicos, engenheiros e cientistas, será necessário um sistema educacional.

Leia também: Do que um país precisa no século 21 para ser atacado por uma superpotência global ou uma coalizão.

E se você tem más relações com o Ocidente, será necessário indústria e agricultura, porque eles não vão vender-lhe qualquer coisa, desde que você seja um inimigo. Algumas coisas estarão sob sanções.

E se você tem más relações com o Ocidente, você vai precisar do seu próprio sistema financeiro, assim você não terá que tomar dinheiro do Ocidente, que certamente irá cortá-lo fora.

Isso significa que você vai precisar de funcionários, o mais vergonhoso que irá traí-lo e passar para o Ocidente a fim de não perder o seu dinheiro. Você precisa de pessoas para desenvolver a defesa, a ciência e assim por diante para baixo na lista, a fim de conseguir pelo menos alguns resultados decentes.

Se você tem más relações com o Ocidente, você vai precisar de uma elite nacional.

Além da elite, você vai precisar de pessoas para o trabalho, uma vez que você começa a revitalizar o exército, a indústria e a educação. Os trabalhadores migrantes não vão fazer isso.

Mas se você precisa de tudo o acima descrito, você terá de investir dinheiro, e criar um mercado interno e uma demanda doméstica.

Uma vez que isto provoca o crescimento econômico, como o vovô Keynes nos ensinou – e ele era, para dizer o mínimo, mais esperto do que o vovozinho Kudrin. Além disso, Kudrin não é realmente um avô, mas um inimigo.

Se você precisa de seu próprio país, você vai precisar de sua própria economia. Se você tem sua própria economia, você vai investir nela, em vez de comprar títulos dos EUA. Se você investir dinheiro nela e cuidar dela, você terá crescimento econômico. Porque se você tem más relações com o Ocidente, você não vai esperar por melhoras.

Se você tem boas relações com o Ocidente, você terá uma casa em Londres, um iate na margem direita e alguns bilhões no banco Não, dois bilhões. Não… Muitos bilhões de dólares em sua conta.

E você não precisa de mais nada.

Na verdade, você não precisa de mais nada.

Apesar disso você terá gratidão.

Para Kudrin, um bom economista.

Não haverá crescimento econômico, mas a sua economia pessoal vai crescer.


Autor: Dmitry Olshansky

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Komsomolskay Pravda, Russia-Insider

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA