Comprender e perdoar: Turquia muda a retórica sobre o SU-24 derrubado.


COMPARTILHE NA REDE SOCIAL |

A Turquia está dando passos até a normalização das relações com Rússia depois da tragédia com o SU-24 derrubado pelas forças aéreas turcas. Na véspera, o secretário de imprensa do presidente da Rússia, Dmitry Peskov, disse que o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, se desculpou pelo avião derrubado em uma carta escrita ao líder russo. Hoje, o primeiro ministro turco, Binali Yildirim, anunciou sua disposição a reparar o dano.

As três condições de Putin.

Depois do incidente no céu sírio, Moscow rompeu todos os contatos com Ankara e introduziu uma série de estritas medidas restritivas no âmbito econômico. Como resultado, a economía turca tuve que arcar com perdas econômicas multimilhonárias. A Rússia impôs três condições para retomar o diálogo: a desculpa pública de Erdogan, a reparação dos danos, e a investigação dos delitos.

A conspiração contra Erdogan.

Alguns especialistas sugerem que a destruição do caça russo Su-24 poderia ser parte de uma conspiração das elites pro-estadounidenses contra o presidente Recep Tayyip Erdogan. Segundo informações, a derrubada aconteceu sem seu conhecimento e com o objetivo de desestabilizar as relações russo-turcas, provocando outro conflito na região.

Pronóstico.

Em um breve, as relações entre os dois paises deverão normalizar-se. No final da semana ocorrerá uma reunão dos ministros de Assuntos Exteriores de ambos os paises, onde serão discutidos os passos a seguir para a solução à crise nas relações bilaterais. A confrontação entre a Rússia e a Turquia não é benéfica para ninguém, a não ser para os Estados Unidos, que podem tentar sabotar as negociações através das redes de influência ocidentais.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Katehon

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA