Caças russos destroem base militar secreta dos EUA e do Reino Unido na Síria.


COMPARTILHE NA REDE SOCIAL |


O diário norte-americano Wall Street Journal relata que os aviões russos bombardearam uma base militar secreta dos EUA e do Reino Unido, na Síria.

O ataque de caças russos contra a base ligada à CIA na Síria seria parte de uma campanha para pressionar a Casa Branca a aceitar uma maior coordenação dos movimentos no país árabe, afirmaram funcionários militares e da inteligência dos EUA, citados pelo diário Wall Street Journal

Enquanto isso, a rede de notícias Fox News estimou que várias forças americanas poderiam ter perdido a vida como resultado do ataque russo.

Na semana passada, apesar da oposição do Pentágono e da CIA, Washington e Moscow chegaram a um acordo para realizar ataques aéreos contra a Frente al-Nusra, a filial local da Al-Qaeda na Síria.

A Rússia concordou em suspender seus ataques aéreos contra rebeldes chamados moderados, apoiados pelos EUA, e restringir a campanha aérea anti-terrorista das forças sírias.

Caça-bombardeiro Su-34 em missão de ataque.

Enquanto isso, funcionários do Pentágono e da CIA criticam Washington por concordar em cumprir rigorosamente as exigências de Moscow no acordo, porque eles acreditam que os EUA deveriam enfrentar a Rússia.

Quase um dia antes do ataque (ocorrido em 16 de junho passado), 20 das 24 forças especiais britânicas retiraram-se da base depois de interceptar um caça russo voando em direção à base.

O avião de combate deixou cair uma bomba, alegaram as autoridades americanas.

Após o primeiro ataque, o comando central das operações aéreas norte-americanas no Qatar, contactou o centro da campanha aérea da Rússia, na província de Latakia, no oeste da Síria, para enfatizar que a base não deve ser alvo de bombardeios.

As autoridades russas explicaram que Moscow acredita que a base foi uma das instalações do grupo terrorista Estado Islâmico.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Hispantv.com

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA