850 britânicos juntaram-se ao Estado Islâmico e outros grupos na Síria e no Iraque.


COMPARTILHE NA REDE SOCIAL |

O número de jihadistas britânicos que deixaram o país para se juntar ao EI e grupos terroristas semelhantes no Oriente Médio está em ascensão.

Estima-se que 850 britânicos passaram a lutar nas fileiras do EI e outros grupos terroristas na Síria e no Iraque, de acordo com um relatório do The Guardian. Este número coincide com as estimativas da polícia britânica. Destes, 50 são mulheres.

Em janeiro, o governo britânico colocou o número em 800. The Guardian estimou que cerca de 100 deles caíram mortos.

Dos restantes 750, a metade deles voltaram para o Reino Unido e metade permaneceria na Síria e no Iraque.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Almanar

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA