Porta-aviões Kuznetsov reforçará a capacidade de combate russa na Síria.


COMPARTILHE NA REDE SOCIAL |

Não houve mudança no plano da Rússia para reforçar sua presença naval e aérea na guerra contra o terrorismo na Síria, assinalaram redes de notícias russas.

“O porta-aviões russo Almirante Kuznetsov, com dezenas de caças e caça-bombardeiros avançados a bordo, entrará em águas sírias nas próximas semanas com a finalidade de reforçar a capacidade das forças russas para eliminar os terroristas na Síria”, informou o diário Izvestia.

“O Almirante Kuznetsov leva ao menos 10 Su-33 equipados com as armas mais modernas”, indicou o periódico.

O noticiário russo informou no último sábado que o porta-aviões russo enviado às águas sírias permitirá à Força Aérea russa incrementar de maneira significativa a quantidade e a qualidade dos ataques aéreos contra os bastiões dos grupos terroristas.

“O Almirante Kuznetsov está equipado com sistemas de última tecnologia que permitirão aos aviões russos levar a cabo ataques aéreos precisos sobre as posições e linhas de defesa dos terroristas na Síria”, informou Izvestia.

“Os bombardeiros táticos Su-33 instalados no porta-aviões estão equipados com o sistema avançado SVP-24, que detecta e ataca com precisão qualquer objetivo”.

“O SVP-24 – que tem em conta fatores como velocidade do vento, humidade, ângulo de tiro etc- permitirá aos aviões russos lançar bombas não guiadas com a mesma precisão que as guiadas”.

“Além disso, os aviões MIG-29 multifunção, que tem sido recentemente instalados no porta-aviões, usarão bombas guiadas e mísseis contra os terroristas”, acrescentou o artigo.

Segundo a agência Novosti, o Almirante Kuznetsov está na atualidade realizando suas últimas provas técnicas e estará preparado para iníciar sua missão de combate frente às costas da Síria a partir de outubro”.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Almanar

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA