Rússia e Bolívia firmam acordo de cooperação militar.


COMPARTILHE NA REDE SOCIAL |

Os ministros de Defesa da Rússia e da Bolívia firmaram um acordo de cooperação militar no Foro Army 2016, cujo conteúdo informou a Sputnik o ministro boliviano, Luis Reymi Ferrera.

“Viemos principalmente firmar um acordo com o ministro de Defesa russo para a capacitação técnica, a possibilidade de enviar ofíciais bolivianos a capacitar-se em institutos e academias militares russas, logo, a complementação, o treinamento, a transferência de tecnologias, e em terceira instância, compartilhar material bélico; esses são os três objetivos do acordo”, disse Reymi Ferrera.

O ministro boliviano destacou a experiência da Rússia nesse setor: “Como você conhece, a Rússia tem uma tradição militar importante, creio que uma das experiências militares mais importantes que houve durante o siglo XX, a humanidade provem do Exército Soviético, russo, que a final é o herdeiro, e claro que nos interessam tanques, equipamentos blindados, armamentos de menor calibre”.

Qualquer país que mantenha uma linha de independência e soberania deve estar na linha da paz, mas deve estar preparado para a autodefesa”, explicou o titular boliviano de Defesa: “Nós somos um país pacifista, não queremos nenhum tipo de conflitos, mas qualquer país pacifista tem que estar preparado para a defesa”.

A Bolívia, acrescentou Reymi Ferrera, “tem uma larga história de agressões territoriais por seus recursos naturais, tivemos guerras pela borracha, pelo sal, pelo petróleo, e hoje que somos um dos maiores depósitos de níquel e outros minerais, devemos estar preparados para defendê-los”.

“A respeito do Foro, queremos ver especialmente equipamento de forças terrestres”, disse.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Almanar

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA