Apesar das sanções Rússia segue com avanços tecnológicos e projetos.


No início desta semana o German Stern fez uma pergunta irônica que eu quero tentar responder.

O que faz Moscow com tantos tanques?

Eu não sei alemão, mas isso parece-me que eles querem saber por que Moscou precisa de tantos tanques.

Putin ordenou a modernização de 3.000 tanques armazenados nos depósitos de tanques.

Vladimir Putin já encomendou 2.500 tanques T-14 de combate Armata, agora ele pode voltar a modernizar totalmente 3.000 tanques T-80. A única questão é: O que faz Moscow com tantos tanques?

O Ministério da Defesa da Rússia ordenou 2.500 tanques T-14 Armata, e agora o presidente Putin ordenou a modernização dos 3.000 T-80s. Neste momento, existem 550 tanques T-80 em uso, cerca de 3.000 tanques estão sendo armazenados. O T-80 usa um motor a gás, não os motores a diesel como os mais recentes T-90 e T-14. É por isso que o T-80 têm melhor desempenho em temperaturas extremamente frias e quentes. O poder de fogo do modernizado T-80 será muito próximo do poder de fogo de T-90 tanques.

E cada Armata será equipado com um drone Pterodactyl. O drone é concebido para acompanhar o tanque em todos os lugares e está ligado ao tanque por um cabo. É feito a partir de materiais compósitos de última geração. O tempo de funcionamento é praticamente ilimitado.

A revista alemã pergunta por que a Rússia precisa de tantos tanques. Eu acho que é uma pergunta retórica. A Rússia nunca pode ter muitos tanques, assim como uma mulher nunca pode ter muitos colares de pérolas.

Aqui é uma opinião de um dos comentaristas russos:

“…Se os alemães insistem na resposta detalhada. A Rússia precisa de mais 6.000 tanques porque…

1. O genocídio dos russos na Ucrânia organizados pela Europa e América;

2. Explosão de um avião de passageiros russo sobre Sinai;

3. Tanques da OTAN nas fronteiras russas;

4. Bases da OTAN em torno da Rússia;

5. Ocupação do Báltico, Polônia e Romênia pelos EUA, Reino Unido e Alemanha;

6. Sanções econômicas e financeiras contra a Rússia;

7. Como resposta à propaganda russofóbica que é muito maior, que a propaganda de Goebbels antes da invasão da União Soviética em 22 de junho de 1941 por alemães e países europeus fascistas;

8. Por causa da multifacética guerra híbrida contra a Rússia por quase 50 países ocidentais;

9. Por muitos mais crimes cometidos por nações ocidentais contra a nação russa, incluindo a dissolução ilegal da URSS, a pilhagem Rússia e de quinze anos de terror sobre o Cáucaso.

Leia também: Doutrina de Guerra Russa: somente a ofensiva traz a vitória – para isso são necessários tanques.

Por isso, se os EUA e membros da UE fizerem um movimento, primeiro eles serão transformados em um deserto coberto por vidro radioativo, e, em seguida, os tanques russos vão passar por eles atingindo Londres e nivelando o Palácio de Buckingham e Westminster para o chão e então eles vão fazer o mesmo a Washington. Não porque os russos são maus, digo, ou o mal, mas porque é o bastante.”

Em essência, as sanções têm mostrado que a Rússia não precisa da Europa em tudo. A Europa, com seus problemas internos, com as suas monarquias zumbis, e as exigências infinitas para o domínio colonial, com seu plano de expansão de 500 anos no território da Rússia e forçando a conversão das pessoas na Rússia a meio-escravos. O destino dos ucranianos na Polônia agora é uma ilustração brilhante da era de nova escravidão na Europa. O Ocidente agora tenta parar o desenvolvimento dos mercados de ciência e tecnologia da Eurásia. Os europeus têm de se acalmar e perceber que, eles são apenas um dos caras, e não uma cidade brilhante sobre uma colina rodeada pelo mar de selvagens russos, chineses e indianos.

O Ocidente é atualmente incapaz de continuar a séculos longo alvoroço do resto do mundo e é por isso que agora tem recorrido às sabotagens e estancamento de todos os esforços para melhorar a vida das pessoas no mundo fora do Ocidente.

Como eles fazem isso?

1. EUA, Reino Unido e França bloquearam a iniciativa da Rússia “para estender o regime anti-terrorista de sanções do Conselho de Segurança da ONU para os grupos Ahrar al-Sham e Jaysh al-Islam que atuam na Síria”

2. Moscow espera que nenhum movimento prático seguirá após a resolução do Parlamento da UE para combater a publicidade de clubes de terceiros países, pelo contrário, contra-medidas serão tomadas.

Aqui está uma excelente análise da importancia de Russia Today (RT) para o mundo com algumas muito reveladoras informações gráficas. Em apenas uma semana RT TV recebe 1,8 bilhões de espectadores e o canal RT TV Tube obtêm 4 bilhões de telespectadores. É mais do que todos os principais canais de notícias europeus e americanos combinados.

3. O Ministério da Defesa: Departamento de Estado dos EUA pede dificultando luta da Rússia contra o Estado Islâmico. O Departamento de Estado dos EUA argumenta que outros países devem abster-se de fornecer suporte para os navios tanques russos que fornecem combustível ao grupo aeroespacial russo na Síria, disse anteriormente Mark Toner.

O Ministério da Defesa da Rússia afirma que as chamadas “para que outros países previnam os tanques de combustível RUAF de fazer visitas em portos é sabotagem aos esforços da Rússia para derrotar o terrorismo na Síria. Até agora a Rússia tem realizado o que todos os membros da coalizão ocidental não fez: depois de mais de um ano 2000 instalações já voltaram a vida pacífica com todos os serviços públicos necessários fornecidos pelo governo em funcionamento e atendendo às pessoas com o suporte necessário. 80 formações de grupos armados terroristas foram erradicadas. Centenas de milhares de sírios voltaram a ter suas casas e começaram a reconstruir suas vidas, disse o porta-voz para o MOD General Konashenkov. Mas a administração Obama está chamando o outro país para impedir que os petroleiros russos tenham passagem livre – é uma prova clara de que a luta contra terroristas nunca esteve na agenda dos EUA.

4. Apesar dos esforços dos países ocidentais para apoiar o terrorismo no Oriente Médio e na África, o representante especial do presidente russo para o Oriente Médio e África, Mikhail Bogdanov, e o comissário da União Africana para a Paz e a Segurança, Smail Chergui, marcaram nesta quinta-feira a necessidade de impulsionar esforços conjuntos. A luta contra o terrorismo eo extremismo,

As sanções ocidentais, como todos sabemos, estão impulsionando a indústria interna da Rússia e a produção agrícola. Os números ainda não foram atualizados, mas se não me engano, o presidente Putin mencionou que o crescimento será de 2,7% para 2016.

2016 está a transformar-se um recorde para a economia russa de muitas maneiras. Apenas para citar alguns, as exportações de máquinas de lavar roupa feitas na Rússia chegaram a quase um milhão de unidades de janeiro a setembro, o que é 2,2 vezes maior que o ano anterior e foram vendidas para Polônia, Romênia, Itália, Cazaquistão, Ucrânia e Bielorrússia.

Um incrível projeto KOSMOS 360 ou Espaço 360 em RT

1957 – Primeiro satélite Sputnik vai ao espaço. 1961 – Primeiro homem decola para o espaço. 1971 – Primeira estação espacial é construída. Tem havido muitas realizações nas décadas de exploração espacial. Em 2016, RT em parceria com a agência espacial russa Roscosmos e S.P Korolev Rocket and Space Corporation “Energia” traz a experiência cósmica para o próximo nível – com o primeiro conteúdo 360 do espaço.

A primeira vista sempre panorâmica da Terra a partir da Estação Espacial Internacional.

Esta é uma maneira absolutamente nova para a humanidade explorar o espaço exterior por meio de um vídeo panorâmico. Significa que as pessoas vão ​poder ver o que os astronautas estão vendo em tempo real.

Desnecessário será dizer que o projeto está a ser completamente ignorado pela mídia ocidental.

Outro projeto de mapa interativo comparativo único desenvolvido pela empresa russa de design Art Lebedev.

Esta ferramenta é capaz de mudar completamente a maneira que você vê o mundo.

Compare, por exemplo, o território da Ucrânia e da Rússia.

Esta semana a ciência russa recebeu seu mais inesperado reconhecimento na política russa.

Presidente Putin ofereceu ao professor preferido Dmitry Medvedev para se dedicar totalmente à ciência.

Durante o encontro televisionado com o presidente da Academia de Ciências da Rússia, Yevgeny Fortov, o presidente Putin virou-se para ele e questionou a eleição da academia de altos funcionários do governo como seus membros.

“Alguns de nossos colegas da Administração Presidencial, do Ministério da Educação, do Ministério da Administração Interna, do Ministério da Defesa, do Serviço FSB de Segurança Federal, e alguns outros departamentos, participaram das eleições para a RAN (Rússia Academy of Science) e foram eles próprios eleitos.

“Eu tenho uma pergunta para você e outros representantes da Academia de Ciências. Por que você fez isso? Tais são grandes cientistas que a Academia de Ciências não pode passar sem eles? E a minha segunda pergunta: o que devo fazer agora?”

“Qual foi a segunda pergunta?” Pergunta Fortov.

“O que devo fazer agora?”, repetiu Putin.

Fortov assustado mastigou sua língua, e começou a murmurar que todos aqueles funcionários tinham permissão de seus patrões para concorrer à academia.

Não é isso que estou perguntando. São tão grandes cientistas que têm de ser acadêmicos?

Quando Fortov começou a explicar que os funcionários haviam cumprido os critérios da academia para a eleição, Putin interrompeu-o dizendo: “Você não está respondendo à minha pergunta. Mas, eu farei isso por você. São todos grandes cientistas … Sim? ”

“Eles merecem ser eleitos .. [como os membros da Academia de Ciência]”, disse Fortov.

“Isso significa que todos eles são grandes cientistas”, disse Putin.

“Bem … é o que parece ser”, disse Fortov.

“Então eu não vou torturá-lo com a minha segunda pergunta. Penso que tenho que dar-lhes oportunidade de dedicar-se à ciência, porque julgar por tudo a sua actividade científica é muito mais importante do que realizar algum tipo de tarefa administrativa de rotina dentro do poder executivo “.

Falando aos jornalistas após a reunião Putin disse: “É o elemento de disciplina, ou a falta dela. Eu gostaria de ver a disciplina entre os funcionários do governo para estar no mais alto nível.”

“Isso se aplica a todos sem exceção”, disse Putin, respondendo a uma pergunta, se esta tese será estendida aos governadores.

Você pode perguntar o que o primeiro ministro Dmitry Medvedev tem a ver com tudo isso.

Os fatos históricos e médicos sobre D. Medvedev

Em outubro de 2012, ele tornou-se um professor da Academia da ciência médica no Dagestão. Em seu discurso de aceitação ele prometeu ensinar o cientista no Daguestão a lidar com projetos subsidiados pelo governo.

Veremos em breve se há algum impulso a esta reunião RAN.

Obrigado pelo seu tempo.

Autor: Scott Humor

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: The Saker.is

Compartilhar com um amigo? Copie e cole link da página no whattsapp http://wp.me/p26CfT-4qt

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA