Como será a vida no futuro: A falsificação da ciência, o cenário político e o terrorismo. O controle das pessoas, dos alimentos e do clima.


A escassez de alimentos pode ocorrer imediatamente e as pessoas vão se dar conta dos perigos da superpopulação… mantimentos estarão sob controle das autoridades centrais para que as pessoas tenham só o suficiente, mas nunca teriam o suficiente para alimentar a qualquer fugitivo do sistema. Foi dito: “Nós já podemos controlar o tempo.” Ele continuou: “Eu não quero dizer apenas jogando cristais de iodo para precipitar chuva que já está lá, mas um controle real”… para determinar o comportamento que se quer, tudo que se tem a fazer é controlar o tipo de dados ou informações que as pessoas tem acesso ou a circunstância em que se encontram estabelecidas; como são todos racionais, será feito o que você deseja que seja feito.

Acompanhe a série “Como será a vida no futuro: A Agenda Oculta da Nova Ordem Mundial” publicada todos os domingos em Dinâmica Global.

Segue a continuação dos temas tratados por Dr. Richard Day numa conferência de medicina em 1969, que revelam as mudanças já planejadas há muito tempo e vão atingir todos os aspectos da vida das pessoas no Século 21. Esta matéria é a continuação de Como será a vida no futuro: a eliminação da feminilidade, a promoção da violência e do sexo, a restrição às viagens e a identificação implantada., das gravações do Dr. Lawrence Dunegan e relacionadas com uma conferência que ele participou em 20 de março de 1969 ministrada pelo Dr. Richard Day em Pittsburg, nos Estados Unidos a um auditório de 80 médicos presentes.

    “Quem controlar o petróleo controlará as Nações.
    Quem controlar a comida controlará as pessoas.”
    Henry Kessinger.

Controle dos alimentos.

A oferta de alimentos estará sob estrito controle. Se o crescimento da população não diminuir a sua taxa, a escassez de alimentos aumentaria e as pessoas perceberiam os perigos da superpopulação. Finalmente, se o crescimento da população não diminuir, os alimentos vão estar sob o controle das autoridades centrais para que as pessoas tenham o suficiente para ser bem nutridos, mas nunca tenham o suficiente para alimentar qualquer fugitivo do sistema. Em outras palavras, se você tem um parente ou um amigo que não está registrado, você não pode alimentar porque o cultivo de comestível também será ilegal. Isto será feito com uma espécie de pretexto. No início eu mencionei que havia dois propósitos para tudo – um, o propósito ostensivo neste caso seria para colher seus próprios vegetais é inseguro, pois poderia espalhar doenças entre outras viroses. Portanto, a ideia de proteger o consumidor é aceitável, mas a idéia real é a de limitar o fornecimento de comida e cultivar seu próprio alimento seria ilegal. Se alguém persistir em atividades ilegais, tais como cultivar seus próprios alimentos, então essa a pessoa se torna um criminoso.

Controle do clima.

Em seguida, ele mencionou o tempo. Esta foi outra declaração surpreendente. Ele disse: “Nós já podemos controlar o tempo.” Ele continuou: “Eu não quero dizer apenas jogando cristais de iodo para precipitar chuva que já está lá, mas um controle real”. O clima era visto como uma arma de guerra, uma arma para influenciar as políticas estatais. Eles poderiam fazer chover ou restringir a chuva para influenciar determinadas áreas e mantê-las sob seu controle. Esta moeda também tem dois lados que foram realmente surpreendentes. Ele disse: “Por um lado, pode-se gerar seca na estação de crescimento, para que nada cresça; por outro lado, pode-se gerar chuvas torrenciais durante a época de colheita para que os campos fiquem alagados demais para permitir a colheita. Na verdade, somos capazes de fazer as duas coisas. “Não se disse como seriam feitas essas coisas. Foi dito que já era possível e que, no pior dos casos, quase possível. Lembrando que isso foi dito em 1969.

Manipulação da política.

A política. Ele disse que muito poucas pessoas realmente sabiam como funcionava o governo. Algo sobre como os funcionários eleitos são influenciados de forma que nem mesmo eles percebem e executam planos que foram programados para eles e acabam acreditando que eles são realmente os autores de tais planos. Na verdade, eles são manipulados de forma que nem sequer entendem.

Compreender a forma como as pessoas respondem – faça com que eles façam o que você quer.

Leia também: Pensamento em série: Você é quem pensa ser que é?

Em algum momento na apresentação foram feitas duas declarações que eu quero fazer neste momento. Não me lembro exatamente quando elas foram feitas, mas são válidas em termos de panorama geral.

A primeira afirmação: “As pessoas podem trazer em suas mentes e agir de acordo com duas idéias contraditórias ao mesmo tempo, tendo em mente que estas ideias devem ser mantidas tão distantes quanto possível.” A segunda afirmação é: “a pessoa pode saber muito bem como responder a certas circunstâncias ou a certas informações que encontre. Em seguida, para determinar a resposta (feedback) que se deseja, tudo que se tem a fazer é controlar o tipo de dados ou informações cujo acesso ou o tipo de circunstâncias em que se encontram estabelecidas; como são todos um ser racional, farão o que você quer que seja feito; Você não pode compreender ainda plenamente o que estão fazendo ou por que eles estão fazendo”.

Investigação científica falsificada.

Em algum momento, a este respeito, esta declaração admitiu que algum tipo de informação científica poderia ser – e de fato é – falsificada para obter os resultados desejados. E, neste ponto, ele disse: “As pessoas não fazem as perguntas certas; algumas pessoas confiam demais. “Esta foi uma declaração muito interessante porque o palestrante e o auditório, todos médicos, supostamente mui objetivos, com a evolução da ciência e os desenvolvimentos científicos sendo sua essência e fim de tudo… bem, falsificação de investigação científica na conferência era equivalente a blasfêmia em uma igreja… você simplesmente não faz esse tipo de coisa.

No cenário político.

Pois bem, de tudo isso surgiria a Nova Entidade Governamental International, provavelmente através das Nações Unidas com uma Corte Mundial, mas não necessariamente por estas estruturas. Podem surgir de outras maneiras. A aceitação das Nações Unidas naquela época não era tão grande quanto se desejaca. Continuam os esforços para dar a crescente importância das Nações Unidas. As pessoas todos os dias seria cada vez mais acostumadas com a ideia de desistir da soberania nacional. A interdependência econômica adotar este objetivo desde o ponto de vista de se preocupar com as hostilidades.

Foi reconhecido que, para fazê-lo de uma forma pacífica era melhor do que através da guerra. Neste ponto, ele disse que a guerra era “obsoleta”. Eu pensei que era uma frase interessante, porque obsoleta significava algo que anteriormente tinha sido visto como já não era útil. Mas a guerra é obsoleta … isso é porque as guerras de bombas nucleares não são mais controláveis. Anteriormente guerras poderia ser controlada, mas se as armas nucleares caiam nas mãos erradas poderia representar um desastre nuclear que não deveria acontecer. Ele não disse quem eram as “mãos erradas”. Tínhamos liberdade de inferir que, talvez na forma de terroristas, mas nos últimos anos eu estive pensando que estar nas mãos erradas também podem ser aqueles que assumiram ter as armas nucleares desde sempre… mas que na verdade não as têm.

Da mesma forma como foi dito que a indústria seria preservada nos Estados Unidos, pelo menos parte dela, para o caso de os planos a nível mundial não funcionarem, apenas no caso de qualquer país ou qualquer pessoa poderosa decidir retirar-se do grupo e traçar seu próprio curso, também se perguntou se isso se aplicaria às armas nucleares. Quando alguém escutou que elas poderiam cair em mãos erradas, houve uma frase que a posse das armas nucleares era fortemente controlada, quase dizendo que todos que possuiam armas nucleares deveriam tê-las. O que incluía necessariamente a União Soviética, se é que efetivamente eles as têm. Mas eu me lembro que naquela época (em 1969) eu me perguntava: “Este senhor está dizendo que este país deu voluntariamente armas nucleares para os soviéticos?” Nesse momento isso soou como algo impensável e muito menos inadmissível. Os líderes da União Soviética parecem fortemente dependentes do pensamento ocidental e, em então, alguém pergunta se houve temores de que tentem buscar a independência, se de fato têm essas armas. Então eu não sei. É talvez um pouco especulativo…

Em quem estava pensando quando ele disse, “se estas armas cairem nas mãos erradas”? Talvez simplesmente terroristas. Já o veremos. De qualquer forma, o novo sistema será implementado se não para a cooperação pacífica – todos cederem voluntariamente a soberania nacional – e, em seguida, levar o país à beira de uma guerra nuclear. Todos ficariam tão temerosos com a criação dessa histeria em massa sobre a possibilidade de uma guerra nuclear que haveria um forte clamor público para negociar a paz e as pessoas cederiam voluntariamente a soberania nacional para alcançar a paz e, portanto, isso abriria o caminho para o Novo Sistema Político International. Isto foi dito e foi um pouco chocante ouvir naquele momento … “Se existisse muitas pessoas nos lugares certos para resistir a isso, certamente haveria a necessidade de utilizar uma ou duas – armas nucleares – talvez mais. A forma como isso foi expresso, isto provavelmente seria necessário para convencer as pessoas de que “estamos falando sério”. Isso foi antes da declaração de que: “Para quando um ou dois deles sair, todo mundo – incluindo os mais relutantes – nos abrirão o caminho.” Ele disse algo sobre “esta paz negociada será muito convincente”, como se em uma ocasião ou contexto tudo tivesse sido testado, mas ninguém saberia.

Leia também: A guerra contra a liberdade e os propósitos de dominação.

As pessoas que ouvissem isso seriam convencidas de que existiu uma verdadeira negociação entre inimigos hostis que finalmente perceberam que a paz era melhor do que a guerra. Nesse contexto, o tema da guerra, que havia sido dito antes como que ultrapassado, foi dito que havia coisas boas no meio da guerra… a primeira, todos nós vamos morrer de qualquer jeito e que às vezes as pessoas têm oportunidade durante as guerras de demonstrar grande coragem e heroísmo e se morrem e elas morrem fazendo bem e se sobrevivem obtêm reconhecimento.

Então, de qualquer forma, as dificuldades dos soldados na guerra valem a pena, porque essa é a recompensa que recebem por combater na guerra. Outra justificação para a guerra foi expressa: O que vocês pensam dos muitos milhões de pessoas que perderam suas vidas durante a Primeira e a Segunda Guerra Mundial. Pois bem, pensem se todas as pessoas tivessem continuado a viver e continuado a ter bebês. Seriam milhões e milhões mais e já teríamos superpopulação. Portanto, este é um efeito benigno para adiar a superpopulação.

Mas agora há meios tecnológicos para o indivíduo e para os governos sobre a questão do controle da população e, sendo assim, a guerra é obsoleta. Já não é necessária. Também é obsoleta, porque as armas nucleares podem destruir todo o universo. A guerra, que na história pode ser controlada, poderia sair do controle e apenas por estas duas razões é obsoleta.

Terrorismo

Foi discutida a questão do terrorismo. Terrorismo seriam largamente utilizada na Europa e em outras partes do mundo. O terrorismo naquela época não se pensou ser necessário nos Estados Unidos se os Estados Unidos não moveu-se rapidamente para aceitar o sistema. Mas, pelo menos no futuro previsível não foi planejado. Muito benigno de sua parte. Talvez o terrorismo não fosse necessário aqui, mas a implicação era a de que na verdade seria usado se necessário. Junto com isso veio uma espécie de xingamento pelo fato de os americanos terem uma vida boa demais e que um pouco de terrorismo iria ajudá-los a convencerem-se de que o mundo é realmente um lugar perigoso, ou poderia ser, se não cederem o controle as para autoridades competentes.

Acompanhe a sequência do documentário, Como será a vida no futuro: A Agenda Oculta da Nova Ordem Mundial.Uma série oferecida por Dinâmica Global e publicada todos os domingos.

Publicado em dinamicaglobal.wordpress.com

Quer compartilhar com um amigo? Copie e cole link da página no whattsapp
http://wp.me/p26CfT-4P2

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA