Rússia, Irã e Turquia formam um acordo de petróleo de US$ 7 bilhões.


Obviamente, o petróleo é apenas uma área onde o trio está se aproximando.

A empresa turca de energia Unit International, Zarubezhneft da Rússia e a empresa não-governamental iraniana, Ghadir Investment Company, comprometeram-se a investir US$ 7 bilhões para perfurar em três campos de petróleo e um campo de gás natural no Irã, informou a empresa turca na terça-feira (22).

O compromisso de investimento ocorre apenas uma semana depois de a empresa Ghadir Investment ter assinado um acordo com Zarubezhneft e Unit International para financiar e desenvolver projetos de petróleo e gás dentro e fora do Irã.

As três empresas concordaram em criar joint ventures para financiar projetos de desenvolvimento de petróleo e gás, com a Ghadir Exploration and Production Company liderando o consórcio no qual cada empresa teria participação igual no financiamento.

Ataques contra Irã e Rússia começaram porque eles criticaram o Estado Profundo britânico. Essa foi a urgência da aliança Turquia, Rússia e Irã.

De acordo com a Unit International, citada pela Reuters, as reservas totais nos três campos de petróleo são estimadas em 10 bilhões de barris, e os campos poderão bombear 100 mil bpd.

O campo de gás natural teria uma capacidade de produção anual de cerca de 75 bilhões de metros cúbicos. As reservas de gás no campo ajudariam a atender a demanda de gás na Turquia nos próximos 150 anos, segundo a Reuters citando a companhia turca.

O consórcio também poderia perfurar em outros campos no Irã, de acordo com Unit International.

Ambos Zarubezhneft e Unit International não são novos na assinatura de acordos com o Irã. No mês passado, Zarubezhneft assinou um memorando de entendimento (MoU) com a National Iranian South Oil Company (NISOC) para estudar o possível desenvolvimento dos campos de petróleo Shadegan e Rag Sefid do Irã.

A Unit International, por sua vez, assinou, em junho do ano passado, um acordo de US$ 4,2 bilhões com o Ministério da Energia iraniano para construir sete usinas de energia elétrica de ciclo combinado em diferentes regiões do Irã com uma capacidade instalada combinada de 6.020 megawatts.

No início de julho, a empresa de energia francesa Total SA assinou um contrato para desenvolver a fase 11 do campo de gás South Pars no Irã – o maior campo de gás do mundo – marcando o primeiro Contrato Iraniano de Petróleo (IPC) com uma importante empresa ocidental desde que a maioria das sanções contra o Irã foram levantadas.

“A Total irá desenvolver o projeto em estrita conformidade com as leis nacionais e internacionais aplicáveis”, disse o CEO Patrick Pouyanne no comunicado da empresa.


Autora: Tsvetana Paraskova

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Oil Price.com

Quer compartilhar com um amigo? Copie e cole link da página no whattsapp
http://wp.me/p26CfT-5HR

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA