As duas Coreias buscam a paz apesar dos EUA.


O primeiro encontro de representantes da Coréia do Norte e do Sul desde 2015 começou na aldeia fronteiriça de Panmunjom. Os chefes de delegações reuniram-se na chamada “aldeia da trégua”, no centro da fronteira que corre entre os dois países.

A principal questão das negociações foi as formas de melhorar os relacionamentos de longo prazo e a possível participação de atletas da Coreia do Norte (RPDC) nos Jogos Olímpicos de Inverno em Pyeongchang, que começará em 9 de fevereiro.

É o degelo que todos queríamos por tanto tempo?

A mídia coreana informou que as partes concordaram em retomar o trabalho completo da linha direta entre as forças armadas dos dois estados. Seu principal objetivo é evitar um agravamento da situação na região. O mero fato de que Pyongyang e Seul se mudaram do confronto de informação direta para o diálogo e uma cooperação cautelosa mostra que a fase mais aguda passou. Por si só, o conflito é alimentado por forças externas, principalmente pelos Estados Unidos, e ambas as partes do povo coreano dividido não querem guerra.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Katehon.com

Quer compartilhar com um amigo? Copie e cole link da página no whattsapp
https://wp.me/p26CfT-6fT

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA