Relatos de ataque de míssil americano/britânico contra o depósito de armas sírias em Hama.


[VEJA: Ataque à Síria destrói 200 mísseis, mata 11 iranianos, fonte na Aliança pró-Assad diz Haaretz]

[Haaretz, como o resto da imprensa ocidental, está relatando o ataque como outro ataque a outra base pró-Síria, em grande parte tripulada por iranianos, que o Irã obviamente nega. O Irã relata o ataque como um ataque de mísseis dos EUA/Reino Unido a partir de bases no norte da Jordânia.]

TEERÃ (Tasnim) – Várias bases militares da Síria nas províncias de Hama e Aleppo foram atacadas na noite de domingo (30/04) supostamente por mísseis disparados de bases dos EUA e do Reino Unido na Jordânia.

De acordo com a agência estatal de notícias da Síria no domingo, “uma nova agressão com mísseis hostis” aconteceu às 22h30, hora local, na qual posições militares nas aldeias de Hama e Aleppo foram atacadas.

Embora as origens dos ataques ainda não estejam claras, algumas fontes da mídia síria disseram que os nove mísseis foram disparados de bases norte-americanas e britânicas no norte da Jordânia.

Os ataques ocorreram várias semanas depois que a Rússia e a Síria disseram que aviões de guerra israelenses atingiram uma base aérea na província síria de Homs.

O ataque também vem algumas semanas após os EUA, a Grã-Bretanha e a França realizarem uma série de ataques aéreos contra a Síria devido a um suspeito ataque químico contra Douma. Washington e seus aliados culparam Damasco pelo ataque suspeito.

O governo sírio negou veementemente a alegação, pedindo que a Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) enviasse uma missão para investigações.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Therearenosunglasses.wordpress.com

Quer compartilhar com um amigo? Copie e cole link da página no whattsapp
https://wp.me/p26CfT-6Bt

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA