Robótica: Mais mentiras da elite corrupta. Não acredite nelas.


Por duas décadas, o deslocamento de empregos americanos para a Ásia e o México destruiu as carreiras e as rendas de dezenas de milhões de cidadãos americanos, a base tributária de aposentadorias dos governos estaduais e locais, a base tributária federal da Seguridade Social e do Medicare e a sociedade de oportunidades que uma vez caracterizou os Estados Unidos da América.

O aumento dos lucros corporativos que resultaram da substituição de mão-de-obra estrangeira pela mão-de-obra americana recompensou executivos e conselhos de empresas, fundos de risco, grandes acionistas e Wall Street com lucros à custa da população americana e da economia dos EUA.

As baixas taxas de crescimento econômico reivindicadas desde a suposta recuperação da crise financeira de 2008, que resultou da desregulamentação financeira, um grande erro cometido por políticos a serviço da ganância capitalista, baseiam-se inteiramente na inflação insuficiente. Alegadamente, os americanos não sofreram inflação durante uma década, mas qualquer um que compre alguma coisa sabe que isso é uma mentira. O que os trabalhos deslocados fizeram foi destruir o crescimento do poder de compra do consumidor norte-americano baseado na produtividade que impulsionou a economia dos EUA. Em suma, os executivos de visão curta, conselhos e Wall Street prejudicaram a demanda agregada nos EUA.

O corrupto Federal Reserve (banco central dos EUA) sob o incompetente Alan Greenspan aumentou a dívida do consumidor para tomar o lugar do crescimento que faltava na renda do consumidor. Isso funciona até que os consumidores não possam ter mais dívidas. Os subseqüentes presidentes do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) mantiveram a casa de cartões em pé, bombeando trilhões de dólares para os preços dos ativos financeiros.

Nos meus dias, esse comportamento inadequado do Federal Reserve provavelmente teria sido considerado um crime. Os presidentes do Federal Reserve possivelmente teriam sido presos e levados a julgamento. No mínimo, teriam sido forçados a renunciar por resgatar cinco bancos às custas da população dos EUA.

Como nada foi feito, hoje temos preços de ativos financeiros baseados na impressão de dinheiro pelo Federal Reserve e seus cúmplices – o banco central japonês, o banco central da UE e o Banco da Inglaterra. A criminalidade financeira é mundial.

Por pior que seja a situação, está prestes a piorar. As mesmas elites autônomas que disseram ao despreocupado povo americano que os empregos deslocados criariam mais e melhores empregos para os americanos agora estão dizendo a mesma coisa sobre a robótica.

A firma de contabilidade, PricewaterhouseCoopers, foi contratada por alguém para fazer um “estudo” de que os robôs criarão mais novos empregos para os americanos deslocados que serão destruídos. Essa mentira será repetida incessantemente pelos economistas neoliberais e pela mídia financeira, assim como repetiam interminavelmente que os empregos deslocados fariam o mesmo.

Tendo perdido os trabalhos de produção e habilidade profissional, como engenharia de software, a robótica ataca os serviços domésticos não-comercializáveis ​​que não poderiam ser terceirizados, embora alguns deles, como a enfermagem, possam ser preenchidos trazendo enfermeiros com vistos de trabalho sob a alegação falsa de que houve uma falta de enfermeiros americanos. Empregos em serviços domésticos têm sido aproximadamente 90% ou mais dos novos empregos desde que acompanho as estatísticas de emprego, que é de muitos anos. Agora, os americanos vão perder muitos empregos em serviços domésticos para os robôs.

A inteligência artificial não é necessária para que os robôs sejam programados para fazer os serviços domésticos que hoje são a maior parte do emprego nos EUA. Além disso, o atual nível de robótica impõe o custo de fazer negócios com o cliente. Se você duvida disso, considere sua experiência na última vez que tentou entrar em contato com um provedor de serviços.

As pessoas estão se tornando irrelevantes. Em pouco tempo, eles nem saberão como dirigir um carro, porque os carros autônomos também terão lhes retirado essa função. Os seres humanos despreocupados ficarão sentados no carro sendo lavados pela propaganda de suas telas de vídeo. Eles deixarão de experimentar uma existência humana e, assim, tornar-se-ão descartáveis.

Além de descartá-los, de que outra forma você se livra de milhões de pessoas que não têm empregos para sustentá-las, pessoas cujo apoio provavelmente será considerado uma perda de peso nos lucros dos ricos?

A robótica não pode trabalhar para uma sociedade humana, a menos que os meios de produção sejam socializados. Infelizmente, os povos ocidentais estão tão lamentados e despreocupados que são incapazes de revolução.

Você quer ser apagado? É isso que o capitalismo americano está fazendo com você.


Autor: Paul Craig Roberts

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Paul Craig Roberts.org

Quer compartilhar com um amigo? Copie e cole link da página no whattsapp
https://wp.me/p26CfT-6YF

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA