Moeda do Império: A Mentira.


A moeda do Império é a Mentira, e é por isso que a Verdade soa bizarra para todos menos para os bem informados.

Os legisladores em grande parte não eleitos tomam as decisões nas não-democracias do Ocidente, enquanto as narrativas fabricadas são amplificadas pelos políticos e pela mídia colonial.

A classe dominante transnacional de oligarcas propaga deseconomias, distopia, guerra permanente e terrorismo.

Enquanto o Canadá, por exemplo, apóia o ISIS, a Al Qaeda, os neonazistas [1] e as guerras criminosas de agressão, a maioria dos canadenses foi programada para pensar que o Canadá é progressista. A Mente transcende e oblitera verdades simples. Alguns canadenses e americanos ficariam horrorizados se fossem confrontados com a verdade.

Considere, por exemplo, o ISIS. Enquanto o ISIS é considerado o inimigo, os formuladores de políticas da OTAN realmente criaram o que os terroristas do ISIS chamam agora de “Estado Islâmico” a leste do Eufrates. Este “Estado Islâmico” rico em petróleo [2] esteve nos quadros de prospecção da OTAN durante anos. O projeto assume a forma do documento 14-L-0552 da Defense Intelligence Agency (DIA) [3].

Alguns dos pontos mais importantes, conforme relatados por Brad Hoff, são os seguintes:

  • Al-Qaeda dirige a oposição na Síria
  • O Ocidente identifica com a oposição
  • O estabelecimento de um “principado salafista” no leste da Síria é “exatamente” o que as potências externas que apoiam a oposição querem (identificadas como “o oeste, países do Golfo e a Turquia”) a fim de enfraquecer o governo de Assad.

Mais graficamente, o ISIS / Ocidente criou o “Estado Islâmico”.

Os formuladores de políticas da OTAN devem ser exuberantes.

Mas esta é apenas uma história de sucesso parcial. A destruição da Líbia pela OTAN [4] foi uma história de sucesso sem mácula. A economia isenta de dívidas da Líbia foi destruída e saqueada, e agora ficará vinculada a instituições financeiras internacionais e à “medicina econômica” do FMI (neoliberal) que privatizará, escravizará e empobrecerá ainda mais o país. As grandes finanças, um condutor escondido por trás do imperialismo e das invasões da OTAN, vão lucrar imensamente com a destruição da Líbia.

A guerra e a pobreza globalizadas são o que as classes dominantes reservam para todos nós, sob véus de mentiras.

Notas:

1. Max Blumenthal, “Blowback: An Inside Look at How US-Funded Fascists in Ukraine Mentor US White Supremacists.” Mint Press News, 15 de Novembro, 2018. (https://www.mintpressnews.com/us-backed-fascist-azov-battalion-in-ukraine-is-training-and-radicalizing-american-white-supremacists/251951/) Acessado em 16 de Novembro, 2018.

2. Facebook message from Lilly Martin to Mark Taliano, Novembro, 2018.

3. Brad Hoff, “2012 Defense Intelligence Agency document: West will facilitate rise of Islamic State ‘in order to isolate the Syrian regime.’“ Levant Report. 19 de Maio, 2015. (https://levantreport.com/2015/05/19/2012-defense-intelligence-agency-document-west-will-facilitate-rise-of-islamic-state-in-order-to-isolate-the-syrian-regime/) Acessado em 16 de Novembro, 2018.

4. Prof. Michel Chossudovsky, “Destroying a Country’s Standard of Living: What Libya Had Achieved, What has been Destroyed.” Global Research. 14 de Novembro, 2018, 20 de Setembro, 2011. (https://www.globalresearch.ca/destroying-a-country-s-standard-of-living-what-libya-had-achieved-what-has-been-destroyed/26686) Acessado em 16 de Novembro, 2018.

Autor: Mark Taliano

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Global Research.ca

Quer compartilhar com um amigo? Copie e cole link da página no whattsapp
https://wp.me/p26CfT-7qt

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA