Maduro: ‘desertores militares’ na Colômbia planejando tentativas de golpe contra a Venezuela.


No começo do dia, o presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, afirmou que Trump ordenou que o governo colombiano e a máfia o matassem para obter acesso ao petróleo venezuelano.

“Estamos enfrentando conspirações e estamos derrotando todos os dias … um grupo de desertores militares tornou-se mercenários da oligarquia colombiana e conspirou da Colômbia para dividir as forças armadas nacionais sob meu comando”, disse Maduro na quarta-feira.

Apenas um dia antes da declaração, o líder da oposição venezuelana Juan Guaido, que se proclamou presidente interino da Venezuela, prometeu conquistar as forças armadas, que ainda permanecem leais a Maduro.

Guaido, o chefe da impotente Assembléia Nacional, declarou-se presidente interino na semana passada e foi quase imediatamente reconhecido pelos Estados Unidos como o líder legítimo da Venezuela. Outros países, incluindo Rússia, China e Turquia, prometeram apoiar o governo legítimo do presidente Nicolas Maduro.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Sputnik News

Quer compartilhar com um amigo? Copie e cole link da página no whattsapp
https://wp.me/p26CfT-7xv

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA