A Arábia Saudita ameaça causar o colapso do dólar americano.


As autoridades do Reino da Arábia Saudita consideram a possibilidade de abandonar o dólar americano como a principal moeda em pagamentos pelo petróleo saudita. Riad pode tomar tal decisão no caso dos Estados Unidos aprovarem uma nova lei para proibir a Organização dos Países Exportadores de Petróleo, OPEP.

Altos funcionários sauditas encarregados do setor de energia têm discutido a possibilidade de renunciar ao dólar americano e mudar para outras moedas nos assentamentos com compradores estrangeiros. Eles também discutiram o plano com vários parceiros da OPEP e membros da administração da Casa Branca.

Assim, o reino quer pressionar os Estados Unidos, que por sua vez estão tentando aprovar uma lei que proíbe todos os tipos de cartéis de energia. Neste caso, os estados membros da OPEC perderão sua imunidade, e um deles poderá ajuizar ações contra eles por conluio de monopólio. A organização virtualmente deixará de existir sob tais condições.

O projeto, chamado NOPEC, foi submetido ao Congresso dos EUA em 2008. O projeto foi rejeitado várias vezes durante a presidência de Barack Obama. Hoje em dia, o projeto de lei tem muito mais chances de se tornar lei, dada a aspiração de Donald Trump de acabar com os altos preços do petróleo através da redução coordenada na produção de petróleo. Trump precisa de combustível barato no limiar da eleição presidencial nos EUA.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Pravda

Quer compartilhar com um amigo? Copie e cole link da página no whattsapp
https://wp.me/p26CfT-8jA

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA