Roscosmos: Centros Espaciais da Rússia e locais de lançamento em fotos.


Centros Espaciais da Rússia

A Rússia tem sido uma potência na exploração espacial desde o início da Era Espacial. Em 1961, a nação (então conhecida como a União Soviética) lançou Yuri Gagarin no espaço, marcando o primeiro ser humano a se aventurar em órbita. Hoje, o país ainda lança astronautas do Cosmódromo de Baikonur e abriga equipes de sua parte da Estação Espacial Internacional. Aqui está um breve passeio por alguns dos principais locais russos em voos espaciais.

PRIMEIRA PARADA: Centro de Controle da Missão Moscou

Como o famoso Controle da Missão da NASA em Houston, os russos também têm instalações próprias chamadas de RKA Mission Control Center (abreviadas como TsUP). Hoje é um dos centros de controle da Estação Espacial Internacional e também gerencia o controle de vôo de naves espaciais humanas (como a Soyuz) ou de navios de carga (como o Progress). Nos últimos anos, também foi responsável pelo controle da estação espacial Mir. A sala de controle do memorial ainda está no local.

Centro de Treinamento de Cosmonautas da Cidade das Estrelas / Gagarin

Cidade das Estrelas (Star City) é uma zona nos arredores da cidade de Moscou, onde os cosmonautas treinaram para voos espaciais desde a década de 1960. No entanto, as operações são abertas aos ocidentais após a queda da União Soviética. Hoje, as equipes multinacionais da Estação Espacial Internacional trabalham juntas por meses ou anos antes de seus voos espaciais.

A área é tão grande que abriga uma estação ferroviária, um museu e várias instalações para as famílias que vivem lá. Também possui o Centro de Treinamento de Cosmonautas Yuri Gagarin, que inclui instalações como maquetes de espaçonaves e aeronaves parabólicas para simular a microgravidade do voo espacial. Os astronautas também realizam treinamento de sobrevivência nas florestas ao redor de Moscou.

Cosmódromo de Baikonur


Este é o lugar onde o voo espacial humano começou. Em 12 de abril de 1961, Yuri Gagarin partiu para o espaço a partir do Cosmódromo de Baikonur, que então estava localizado na União Soviética. Sua localização não foi divulgada ao mundo ocidental até anos depois. Mas nos últimos anos, muita coisa mudou. A nacionalidade de Baikonur mudou para o Cazaquistão após o colapso da União Soviética em 1991. Os russos agora arrendam Baikonur por US$ 115 milhões, e as pessoas portadoras de vistos russos podem entrar na área.

Baikonur também começou a hospedar equipes ocidentais na década de 1990, quando o programa shuttle-Mir foi criado. O primeiro astronauta da Nasa (Norman Thagard) a decolar de Baikonur o fez em 1995. Atualmente, os astronautas da NASA vão para o espaço de Baikonur algumas vezes por ano. Isso porque a espaçonave russa Soyuz é a única opção para a NASA trazer seus astronautas para o espaço neste momento, já que o ônibus espacial foi retirado em 2011. No entanto, novos veículos da tripulação comercial americana estão chegando.

Baikonur City

A cidade de Baikonur (antes conhecida como Tyuratam) é uma mistura única de cidadãos cazaques e autoridades russas que trabalham no programa espacial. Alguns meios de comunicação relataram problemas com as condições de trabalho e drogas e, em 2017, um trabalhador da empresa russa de foguetes e espaciais NPO Mashinostroyenia morreu devido a um incêndio causado por foguetes no deserto e na zona de queda.

No entanto, as relações com a Rússia persistem em grande parte porque a economia local é tão dependente do programa espacial. Em maio de 2018, a Rússia transferiu parte do território de Baikonur para o Cazaquistão, mas o Cazaquistão ainda usará a tecnologia espacial russa para suas operações.

Cosmódromo de Plesetsk

Plesetsk está localizada a cerca de 800 km ao norte de Moscou e é comumente usada para lançar satélites de órbita polar da Rússia. O local era originalmente uma área de lançamento do ICBM para o R-7. Atividade pegou neste site na década de 2000, após o Cosmódromo de Baikonur foi transferido para o território do Cazaquistão com o fim da União Soviética.

Perto Plesetsk é uma área residencial chamada Mirny (pacífica) que fica perto da estação ferroviária que abastece a área. O Plesetsk foi originalmente planejado para os foguetes de lançamento Zenit e Angara, mas no final a decisão foi tomada para focar no veículo de lançamento Angara.

Cosmódromo Vostochny

Em 2007, o presidente russo Vladimir Putin aprovou a construção de um novo cosmódromo no leste da Rússia, chamado Vostochny. Os fundos seguiram para a construção em 2009. O objetivo final era trazer mais foguetes para o espaço do solo espacial russo mais uma vez (o que é algo que havia sido discutido desde a queda da União Soviética).

O orçamento de construção esperado era de US $ 7,5 bilhões, com o trabalho para terminar em 2018. A construção foi prejudicada por relatos de trabalhadores do porto espacial não sendo pagos, mas Putin eventualmente prometeu supervisionar pessoalmente a construção. O complexo já recebeu três lançamentos a partir de 2018, e mais são esperados nos próximos anos.

Segmento russo da Estação Espacial Internacional

A Rússia também tem um importante destino espacial na Estação Espacial Internacional. O segmento orbital russo é responsável pela orientação, navegação e controle de toda a estação espacial. A Rússia também tem cinco módulos, chamados Zarya (nascer do sol), Zvezda (estrela), Pirs (pier), Poisk (pesquisa) e Rassvet (madrugada).

Em 2015, um relatório de Anatoly Zak no Air & Space Smithsonian descreveu as condições no lado russo da estação. Os russos costumavam ter um zumbido de fundo em seus módulos, e ocasionalmente a agência espacial russa (Roscosmos) trocava informações sobre eletricidade e outros itens com a NASA. As equipes russas têm menos trabalho científico para realizar do que as de outras nações parceiras, mas isso significa mais tempo para observações da Terra e atividades de tempo livre.


Autora: Elizabeth Howell

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Space.com

Quer compartilhar com um amigo? Copie e cole link da página no whattsapp
https://wp.me/p26CfT-8Mg

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA