Vídeos falsos dos Capacetes Brancos criam um escândalo na Internet


A organização dos Capacetes Brancos está novamente sob o fogo dos críticos depois de colocar na internet um vídeo falso de um resgate na Síria.

O vídeo mostrava dois membros dos Capacetes Brancos tentando ajudar um homem enterrado nos escombros e de repente vem à vida. O homem é retirados dos escombros e evacuado.

O vídeo da operação de resgate falsa foi colocado na internet pela primeira vez pelo Escritório de mídia das Forças Revolucionárias da Síria (RFS), meios ligados à oposição anti-Assad.

Após uma série de reações de raiva, a RFS teve que remover o vídeo do YouTube, mas já era tarde demais. O escândalo do video tem criado entre os internautas suspeitas consistentes de que outros vídeos dos Capacetes Brancos também são falsos.

Muitos mostraram sua raiva em vários posts no Facebook e tweets, enquanto outros destacaram a cooperação entre os Capacetes Brancos e a Frente Al-Nusra e o financiamento dos primeiros pelos EUA e outros países ocidentais.

No início deste mês, um jornalista sírio provou que as imagens de uma menina síria que os Capacetes Brancos afirmaram ter resgatado eram falsas.

Abbas Yomeh publicou três imagens da mesma menina que mostrou o suposto resgate por membros da Organização Capacetes Blancos desta criança em três locais diferentes, refletindo assim as mentiras da organização em relação ao seu resgate de civis na Síria.

Em sua página no Twitter, o jornalista sírio colocou três imagens diferentes da menina que supostamente foi resgatada por membros dos Capacetes Brancos em três locais diferentes.

“Os atores dos Capacetes Brancos resgatam uma menina em três lugares diferentes. Eles não podem desempenhar o seu papel de uma maneira melhor neste cenário?”, Perguntou Abbas Yomeh.

Um repórter disse, por sua vez, no domingo, que os Capacetes Brancos não são uma organização independente, apesar de suas reivindicações, observando que eles receberam o apoio de vários países ocidentais que apóiam grupos terroristas na Síria.

“Os Capacetes Brancos não são uma organização independente. Eles trabalham para os interesses dos países ocidentais que apóiam terroristas na Síria e recebem apoio financeiro dos EUA, Reino Unido e Alemanha”, disse Vanesa Beeley, que observou que este grupo recebe ampla cobertura nos meios de comunicação ocidentais e alguns de seus membros podem ter sido recebido pelo Presidente da República Francesa, François Hollande, no Palácio do Eliseu.

“Parece estranho que os Capacetes Brancos atuem constantemente em áreas controladas por ISIL e Fatah al-Sham (a Frente al-Nusra) e seus grupos afiliados. Imagens tiradas nestas regiões mostram que os Capacetes Brancos cooperam com os terroristas”, continuou Beeley.
“Os Capacetes Brancos não só prestam serviços médicos aos terroristas, mas foram filmados participando na execução de um civil em Aleppo e também trabalham para derrubar o governo sírio”, acrescentou o jornalista. “Eles transmitem vídeos em suas páginas de execuções de soldados e civis sírios.”

Embora a organização tenha sido nomeada para o Prêmio Nobel da Paz, alguns internautas ironicamente dizem que, de agora em diante, poderiam ser também nomeados para um Oscar por suas encenações constantes.


Leia também: A propaganda falsa dos EUA sobre a Síria agora está falhando abertamente.

Leia também:
Explicação brilhante da Política Externa dos EUA e que foi para baixo na ONU.

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Almanar

Compartilhar com um amigo? Copie e cole link da página no whattsapp http://wp.me/p26CfT-4qq

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA