Arquivo da Categoria: brasil

O fundo bilionário de George Soros aposta contra a centralidade da questão nacional.


Chama a atenção a recente decisão do especulador magnata húngaro George Soros de liberar $1 bilhão para a criação de uma rede universitária de âmbito mundial, abertamente destinada a promover a dita sociedade… Continuar lendo

Petrobrás: a gigante brasileira e a história que deveríamos contar.


Ainda há muitos que sofrem da síndrome do vira-latas O Editorial do jornal O Globo, feito sob encomenda para atacar a Petrobrás estatal, começa falando que na década de 70 a Petrobrás não… Continuar lendo

Roteiro para o fim da Petrobrás já está pronto e em andamento.


Próxima a completar 67 anos de existência, a Petrobrás sofre hoje a maior ameaça a sua sobrevivência em sua história. Administrada por financistas obedientes ao capital internacional, cuja visão rentista despreza a importância… Continuar lendo

A mão invisível e a energia no século XXI.


Andando pelo jardim das ideias, vi a mão invisível do mercado. Tinha os dedos cobertos de anéis de ouro, grossos anéis onde estavam presas manipulações, ordens de guerra e de paz, grandes fortunas.… Continuar lendo

Infiltração na estrutura – destruindo uma empresa se destrói o país.


Está ocorrendo no Brasil uma infiltração nas já pouco sólidas estruturas de sustentação de suas instituições e de sua economia. Um cupim que vai desbastando as vigas e pilares tem um nome específico… Continuar lendo

A direção da Petrobrás é sua inimiga.


“Se não é ato de inimigo, é de sabotagem até para o deslocamento das tropas brasileiras no território nacional.” O advogado André Motta Araújo (A Petrobrás na fogueira das refinarias, em GGN, 22/12/2019),… Continuar lendo

O fundo bilionário de George Soros aposta contra a centralidade da questão nacional.


Chama a atenção a recente decisão do especulador magnata húngaro George Soros de liberar $1 bilhão para a criação de uma rede universitária de âmbito mundial, abertamente destinada a promover a dita sociedade… Continuar lendo

Embrolho indígena: Terras Indígenas abertas ao mercado para favorecer interesses privados.


A pretexto de regulamentar a Constituição, Bolsonaro enviou ao Congresso um projeto de lei que pretende viabilizar a exploração indiscriminada dos recursos naturais das Terras Indígenas. A Constituição prevê, de forma excepcional, a… Continuar lendo

Delenda est Brasil! Descortinando uma colônia.


Na Roma antiga surgiu um poderoso inimigo: Cartago. E o Senado romano, pela voz de Catão, em grito furioso concluía suas falas: “delenda est Cartago”, Cartago deve ser destruída; não poderiam coexistir Roma… Continuar lendo

O Retrato do Brizola.


No empenho de se manter politicamente, Rodrigo Maia, filho de Cesar Maia, segunda geração de filiados aos Democratas (DEM), partido de direita e neoliberal, faz divulgar, no portal Disparada, sua foto com o… Continuar lendo

Petróleo dos Folhelhos – Uma Notícia e um Comentário.


Logo que surgiu a febre da produção de óleo e gás dos folhelhos existentes nos Estados Unidos da América (EUA), escrevemos mostrando que era solução inadequada, quer pelo próprio regime de produção, quer… Continuar lendo

A Amazônia segundo Josué de Castro: uma concepção anti-malthusiana.


“A abordagem objetiva e fria de Josué de Castro contrasta flagrantemente com a representação idílica feita por muitos ambientalistas e indigenistas românticos, de um suposto Éden ameaçado pelo “progresso” imposto pelo “homem branco”.”… Continuar lendo

Constituições Autoritárias. Nossos colonizadores fixam os padrões brasileiros de soberania e cidadania.


As constituições deveriam representar os anseios, as aspirações que um povo demonstra em momentos históricos e estarem moldadas pela cultura daquela sociedade. No entanto, mais comumente, retratam uma perspectiva político filosófica das elites… Continuar lendo

A QUEDA DUM ANJO – A Súbita Mudança De Bento Albuquerque. Uma reticência na Soberania Brasileira.


Em outubro de 2017, o atual Ministro de Minas e Energia, o almirante de esquadra Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Junior – então diretor-geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha –… Continuar lendo

Brasil precisa fazer um estudo concreto do potencial energético de todas as suas fontes.


O projeto Perspectivas 2020 convidou o geólogo e membro da Associação dos Engenheiros da Petrobrás (Aepet), Luciano Chagas, para fazer uma leitura do que aconteceu em 2019 e avaliar as oportunidades e desafios… Continuar lendo

A Foreign Affairs e o retorno da (nunca abandonada) questão nacional.


“Ao menos para a elite do poder dos EUA, as sociedades, seja no centro ou na periferia do mundo, tendem a compreender o nacionalismo como um âmbito de pertencimento comum maior e mais… Continuar lendo

Trump inflama a guerra contra os nativos americanos Do Círculo Polar Ártico à Terra do Fogo.


No 81º aniversário da “Kristallnacht“, na noite de 9 de novembro de 1938, quando os stormtroopers (soldados de assalto) nazistas se vandalizaram e atearam fogo às sinagogas, empresas e residências de propriedade dos… Continuar lendo

No Brasil de Bolsonaro, as barragens estão marcando bombas-relógio e ‘abrir mão da Amazônia’ é um negócio rentável para o poder corporativo na região.


Hoje é o quarto aniversário do desastre da barragem de rejeitos do Fundão em Mariana, uma cidade no estado brasileiro de Minas Gerais. A barragem de Fundão e a mina de minério de… Continuar lendo

Ranking acadêmico de 2019 no BRICS: Tendências da Educação Superior no Brasil.


Este ano, os resultados do QS Regional Rankings: BRICS indicam que as universidades brasileiras não conseguem acompanhar o ritmo de seus concorrentes, com mais de 60% das 90 universidades brasileiras classificadas caindo ano… Continuar lendo

Preparando o Estado para Soberania: Brasil no mundo.


O mundo do fim da história de Francis Fukuyama já passou. Antes se fora o mundo bipolar da guerra fria. O século XXI encontra o mundo com diversidades e novas alianças que tornam… Continuar lendo

Preparando o Estado para Soberania: as informações.


O mais relevante fator que surge no mundo, para a sociedade humana, após a II Grande Guerra, é a apropriação da informação. Esta se desdobra em dois conjuntos: o meio físico da mensagem… Continuar lendo

A Nação à Conquista do Estado – Raiou a República.


Para diversos historiadores, políticos, sociólogos, que analisam o fim do Império e o início da República no Brasil, fica nítida a compreensão de que nosso País tinha uma estrutura de poder no Estado… Continuar lendo

A Nação à Conquista do Estado – Dispensa dos militares.


“A República foi, no Brasil, obra de uma propaganda persistente, oculta e sutil. Trabalho nitidamente maçônico, em que as lojas se serviram das forças armadas, depois de arrancarem todas as escoras do Trono:… Continuar lendo

A Amazônia do General Meira Mattos Revisitando “Uma Geopolítica Pan-Amazônica.


O retorno recente da Amazônia ao palco central das controvérsias políticas, em nível nacional e internacional, foi protagonizado por duas forças aparentemente contraditórias: de um lado, o aparato supostamente ambientalista e indigenista (sobretudo… Continuar lendo

Privatização de ativos da Petrobrás: interesses estrangeiros poderosos.


A oportunidade representada pelo pré-sal para o desenvolvimento industrial brasileiro ainda não foi adequadamente avaliada pelos setores decisórios nacionais. Enquanto na Bacia de Campos o processo exploratório exibia riscos, ainda que baixos, as… Continuar lendo

Privatização de ativos da Petrobrás: barrar o projeto nacional.


Mais do que a soberania, o protagonismo global de qualquer nação depende centralmente de seu próprio patrimônio estratégico natural e de desenvolvimento científico, tecnológico e das engenharias construído em bases autônomas. Estas três… Continuar lendo

Preparando o Estado para Soberania – Uma perspectiva histórica.


Em 2015, o jornalista Fernando Brito divulgou uma ilustração do facebook onde o Brasil era dos cinco únicos países com mais de 2 milhões de km² de território, 100 milhões de habitantes e… Continuar lendo

Preparando o Estado para Soberania – A crítica sociológica.


Sociedade centrada no mercado, assim o mestre Guerreiro Ramos qualifica aquela surgida na Era Moderna, que perdura ainda hoje (Alberto Guerreiro Ramos, A Nova Ciência das Organizações – Uma reconceituação da riqueza das… Continuar lendo

Preparando o Estado para Soberania – Positivismo: Crítica ao Liberalismo Oligárquico da I República.


O positivismo, tal como estabelecido por Augusto Comte, preconizava a necessidade de uma reorganização da sociedade em bases científicas, industriais, altruístas e progressistas, ou seja, positivas, partindo do material intelectual e institucional acumulado… Continuar lendo

Preparando o Estado para Soberania – Crítica administrativa e constitucional


Iniciamos esta crítica com frase de Guerreiro Ramos: “o bem-estar dos cidadãos é uma categoria cultural peculiar a cada país e não é medido por critérios comuns a todas as nações”. Bastaríamos ter… Continuar lendo

Preparando o Estado para a Soberania: Heróis e Ideologia nacional.


Da emergência das individualidades nacionais, com o fim da colonização política na África, na Ásia e na América, o mundo retorna a uma ideologia universal, global, do neoliberalismo e sua religião do deus… Continuar lendo

Bye, Bye, Brasil. A desconstrução de uma nação soberana.


Marcos de Oliveira, Diretor de Redação do Monitor Mercantil, escreveu em sua coluna Fatos e Comentários, no dia 16 de julho de 2019: “Muitas vezes, os atos de desconstrução do Brasil que vêm… Continuar lendo

Direção da Petrobrás acelera na contramão com privatizações.


O atual presidente da Petrobrás, Roberto Castello Branco, declarou que seu sonho é a companhia privatizada. Estivéssemos em período de normalidade institucional, sendo os dirigentes responsáveis pelo sucesso dos órgãos sob sua direção,… Continuar lendo

Mentiras e corrupção são características neoliberais. A economia brasileira perde competitividade.


O administrador Salim Mattar, dono da locadora de veículos Localiza e quarto maior doador para a campanha de apoiadores de Jair Bolsonaro, foi nomeado Secretário de Privatizações, a convite do ministro Paulo Guedes.… Continuar lendo

Memórias e reflexões sobre o petróleo brasileiro.


“O foco dos países ricos passou a ser não mais somente os movimentos comunistas, que já não eram considerados tão perigosos “após o fim da guerra fria”, mas também as ações dos militares… Continuar lendo

Uma Breve História da Banca – III


“… o dinheiro dos impostos são direcionados para esterilização e lucro pelo sistema financeiro, gerando caos na administração pública, falta de investimentos, e mantendo, em plena recessão, os bancos com lucros extraordinários e… Continuar lendo

Uma Breve História da Banca – II


“A banca usou a especulação e a farsa para conquista do poder. No entanto, até sua nova máscara no século XX, ela usava a dívida como principal arma. Vejamos, por exemplo, as ferrovias… Continuar lendo

Uma Breve História da Banca – I


“A denominada financeirização caracteriza-se como um novo regime de acumulação, uma nova fase do capitalismo, pós 1970, marcada pelo controle da economia em geral pelas finanças, sobrepujando a produção e o comércio, que… Continuar lendo

Mourão na China.


No retorno da viagem à China, o vice-presidente General Hamilton (e não Heleno, lembra presidente Jair?) Mourão poderá nos mostrar se entendeu o grande mal que o neoliberalismo está provocando no Brasil e… Continuar lendo

Bolsonaro nos Manuais da Escola Superior de Guerra. O projeto ideológico pró-banqueiros e o fim da soberania.


A Escola Superior de Guerra (ESG), para seus cursos regulares, utiliza o Manual Básico que ao longo de sua existência apresentou mudanças de forma e de conteúdo. Alguns conceitos e classificações, no entanto,… Continuar lendo

As principais mentiras falaciosas de Paulo Guedes que podem causar décadas de atraso ao Brasil.


No Chile “a realidade é de que a mediana da taxa de retorno de todas as pessoas que participam (do sistema de capitalização) é de (apenas) 20% do seu último salário”. INTRODUÇÃO Segundo… Continuar lendo

Carta ao caminhoneiro brasileiro


Produzimos petróleo, refinamos e produzimos combustíveis no Brasil, mas a direção da Petrobrás, desde 2016, decide adotar preços proporcionais aos da importação para os combustíveis produzidos nas suas refinarias. Com preços altos em… Continuar lendo

A guerra está entre nós.


Nominou-se este tempo neoliberal que vivemos de guerra híbrida. Talvez a característica mais marcante, não só desta guerra mas da própria contemporaneidade, seja a farsa, a fraude e as imprecisões semânticas. Tomemos um… Continuar lendo

Bolsonaro, o Populista.


Enfrentando feroz oposição da rede Globo de televisão e da mídia tradicional, o presidente Jair Messias Bolsonaro (JMB) vetou o aumento do óleo diesel, anunciado pela Petrobrás. Um presidente popular? Anteriormente, pelo veto… Continuar lendo

“Eu amo Israel”: Bolsonaro empurrou Netanyahu para reconhecer o movimento da embaixada durante a visita.


O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, foi recebido calorosamente pelo primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, durante sua primeira visita a Israel, cumprimentando Netanyahu com um hebraico “Eu amo Israel” em uma cerimônia de boas-vindas… Continuar lendo

A hegemonia liberal no Brasil. Por que nacionalistas brasileiros não devem apoiar Bolsonaro.


[Nota do editor: Aqueles que a si mesmos iludiram por sua conta e risco e concluiram da fala Bolsonaro o tom patriótico entenderam mal e isso se confirma hoje. As suspeitas de analistas… Continuar lendo

Por que os banqueiros são os maiores defensores da Reforma da Previdência?


A proposta de Reforma da Previdência apresentada por Bolsonaro ao Congresso representa a destruição do regime de solidariedade que foi aprovado por unanimidade pelos constituintes de 1988. As principais justificativas para tal destruição… Continuar lendo

Bolsonaro, o anti Vargas.


A política de Bolsonaro visando demolir as estruturas estatais e desregulamentar a economia e os direitos sociais e trabalhistas, promovendo a desindexação, portanto eliminando seus mecanismos de reajustes dos benefícios sociais contidos na… Continuar lendo

Lava Jato, Máfia, Corrupção e Judiciário.


“A corrupção é o sinal de Estado fraco. Aquele que a elite que o dirige está comprometida com a manutenção do “status quo“, com o imobilismo – econômico, social, cultural -, no caso… Continuar lendo

A Recolonização da América Latina e a Guerra na Venezuela.


“O Hemisfério Ocidental é a nossa região”, disse Michael Pompeo, secretário de Estado dos EUA. Introdução Desde que os EUA declararam que a Doutrina Monroe proclama sua supremacia imperial sobre a América Latina,… Continuar lendo

  • Blog Stats

    • 3.329.027 hits