Arquivo da categoria: informática

Putin aprova desenvolvimento de supercomputador para criar novas armas.


O presidente Putin aprovou o desenvolvimento russo de um supercomputador moderno capaz de projetar armas avançadas, disse Olga Sokolova, diretora geral do Instituto Molniya de Pesquisa Científica e Produção, que faz parte do consórcio Kalashnikov.

Sokolova explicou que “o trabalho envolve uma grande cooperação” entre as principais empresas científicas russas, incluindo a ISS Reshetnev, no desenvolvimento de novas tecnologias.

O principal objetivo do projeto é realizar todo o ciclo de desenvolvimento e produção com a ajuda de máquinas e equipamentos nacionais.

O projeto abrange todas as fases, desde a fase de pesquisa e desenvolvimento até a criação de um protótipo e seus testes, bem como a manutenção dos armamentos fabricados em série durante seu uso nas Forças Armadas.

“Começaremos com mísseis alvo e depois ofereceremos essas soluções para toda a indústria russa. Eu tenho que dizer que temos resultados sérios a esse respeito, mas por enquanto não vou divulgar os detalhes. Eu vou apenas dizer que encontramos um entendimento [mútuo] entre parceiros e clientes”, acrescentou Sokolova.

O novo equipamento deve estar pronto dentro de cinco anos.

Isso acontece quando a consultora militar russa Concern Radio-Electronic Technologies (KRET) revelou no mês passado que testes russos de armas eletromagnéticas estão sendo conduzidos na Rússia.

Segundo o consultor, estes são os chamados canhões de microondas, que utilizam energia concentrada por radiação eletromagnética de alta freqüência, capaz de desativar sistemas eletrônicos dentro de um raio de ação determinado. O armamento deste tipo pode ser usado em plataformas terrestres ou aéreas.

Dadas as suas particularidades, esta é uma arma mais próxima da guerra eletrônica. A radiação eletromagnética que atinge o alvo é fatal não apenas para sistemas eletrônicos, mas também para os sistemas nervoso e imunológico das pessoas. Além disso, um canhão de microondas pode detonar explosivos à distância.
Desde meados do século XX, os cientistas pensavam em usar o princípio da energia pela radiação eletromagnética nas forças armadas. O problema é que uma arma desse calibre precisava de muita energia para funcionar.

“Para empregar um canhão de microondas em combate, é necessária uma usina completa. Claro, isso limita a possibilidade de seu uso”, disse Dmitry Kornev, fundador da Rússia Militar.


Autor: Paul Antonopoulos

Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.com

Fonte: Fort-Russ.com

Quer compartilhar com um amigo? Copie e cole link da página no whattsapp
https://wp.me/p26CfT-7qm

VISITE A PÁGINA INICIAL | VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA